Como Medir Frequência Cardíaca na Corrida com e sem Frequencímetro Cardíaco (+ Review de Monitores) 4.96/5 (56)

Compartilhe

Como Medir a frequência cardiacaUma dúvida muito comum que surge em todo corredor é de como ele deve medir a frequência cardíaca.

Pensando nisto decidi escrever este artigo para mostrar como você pode medir os seus batimentos cardíacos usando ou não um frequencímetro (monitor cardíaco) nas suas corridas.

Entretanto, antes de ensinar você a medir os seus batimentos, vou explicar o que é a frequência cardíaca e qual a importância de medir o seu ritmo cardíaco para o seu desenvolvimento de corredor.

Por fim vou fazer uma lista dos principais monitores cardíacos existentes no mercado, bem como detalhar algumas de suas características, funcionalidades e benefícios destes aparelhos. Também vou explicar como você pode usar eles da forma correta.

E então, preparado? Lets Go!

O que é frequência cardíaca?

Começando pelo princípio, caso você não saiba a frequência cardíaca é um dos nossos sinais vitais, e ela se caracteriza pelo numero de vezes que o  seu coração se contrai (bate) ao longo de um minuto (medida conhecida também como bpm – batimentos por minuto).

E justamente por ela ser um dos nossos sinais vitais é que devemos prestar atenção nela ao nos exercitarmos.

Qual a importância da frequência cardíaca para a corrida?

Medindo a o seu ritmo cardiaco para melhorar o desempenho

Em resumo a importância em se medir os batimentos cardíacos se dá em medir o seu desempenho e evolução como atleta.

Através destes sinais vitais podemos ter facilmente uma forma de sabermos se estamos evoluindo ou não.

Você pode ter pensando: há, mas isto eu consigo medir vendo se estou baixando meus tempos. Concordo mas este é apenas um dado e a frequência cardíaca (FC) é mais uma informação que você pode e deve usar.

Sabe por quê?

Porque ela vai te ajudar principalmente a controlar a intensidade do seu treino, te ajudando a correr no ritmo certo para cada tipo de treino, nem muito rápido nem muito devagar.

Além disto, através da FC você terá também um parâmetro que irá ajudá-lo a prevenir o maior mal de todos os corredores: sim, elas, as temíveis lesões. 🙁

Quer mais um motivo?

Segundo o autor do livro Running Fast and Injury Free (Pirie Gordon) através da FC você pode ter um parâmetro para saber se deve ou não treinar no dia; segundo ele se a sua frequência cardíaca antes de se levantar da cama estiver 10% maior que o normal(quando em repouso) você não deve treinar naquele dia, pois o risco de uma lesão irá ser muito maior.

Outro ponto que quero destacar é que à medida que você vai treinando e melhorando você chega num ponto onde é cada vez mais difícil evoluir nos seus tempos. Quando comecei a correr tive um problema parecido:

Em um dado momento, cheguei num ponto que não conseguia baixar meus tempos de forma significativa.

Um dia fazia 30 min por X km e em outro baixava para 29:30, ficava todo feliz, só que depois voltava novamente para 30 minutos. Retrocesso? Nem sempre.

E como eu poderia saber se estava melhorando com esta variação?

Uma das formas é através da frequência cardíaca mínima e máxima e outras medidas (mais sobre isto logo abaixo).

Comentando a situação acima com um corredor mais experiente ele me disse que eu só conseguiria baixar de forma consistente o meu tempo se eu fizesse um controle da frequência cardíaca por zonas de treinamento (maiores detalhes na sequência).

Bom, a partir deste ponto comecei a procurar formas de medir os meus batimentos cardíacos e acabei encontrando algumas dicas de como fazer isto:

Quer saber quais foram? Então continue lendo…

Como medir a frequência cardíaca (FC)?

Para medir a FC você tem duas opções:

  1. Medir de forma manual através da pulsação arterial;
  2. Medir usando um frequencímetro ou mais popularmente conhecido monitor cardíaco.

Opção 1 – Medindo a FC de forma manual

Para fazer a medição manual dos batimentos cardíacos posicione dois dedos, o indicador e o médio (aquele), da mão esquerda no pulso direito e faça uma leve pressão até conseguir sentir as palpitações.

Medindo frequência cardíaca de forma manual

Durante um minuto conte o número de pulsações e pronto, você já sabe medir a sua frequência cardíaca.

Para ficar um pouco mais fácil, você pode contar os batimentos por 30 segundos e multiplicar os mesmos por dois.

Outra dica caso você não consiga sentir o seu pulso, é porque você não esta vivo (piadinha sem graça né), é tentar a mesma técnica do pulso no pescoço. Certo? 🙂

Opção 2 – Medindo a FC com um frequencímetro

Como você deve ter reparado o método acima não é muito prático, principalmente se você quiser medir a FC enquanto corre (impossível) você vai ter no mínimo que andar e aí a precisão já não vai ser a mesma, pois naturalmente os seus bpm (batimentos por minuto) vão cair rapidamente.

Obs.: Se os seus bpm não caírem rapidamente após um esforço físico mais forte procure um médico e faça um Eletrocardiograma, ok?

Monitor cardiaco com freqência

E é aí que entra o extremamente útil aparelho para medir frequência cardíaca(calma, não é este da imagem).

Através destes aparelhos que geralmente são compostos de um relógio e uma cinta, você consegue saber seus batimentos em tempo real enquanto se exercita, sem precisar parar ou diminuir o ritmo.

Ta, agora já sei que existem estas duas formas de medir a frequência cardíaca, a manual e a com o frequencímetro. E como que eu uso estes dados para melhorar o meu desempenho nas corridas?

Há meu amigo, agora que vem a melhor parte… lembra-se que acima eu falei em zonas de treinamento e frequência cardíaca mínima e máxima?

Sim, pois é a através destes conceitos que você vai medir a sua evolução…

Vamos em frente?

Zonas de treinamento e a tabela de frequência cardíaca

Talvez você já tenha visto em alguma planilha de treinamento a indicação de realizar algum treino entre 50 e 70 % da frequência cardíaca máxima e ficou pensando… como que eu meço isto ou o que é isto?

Para a esta pergunta responder segue um resuminho:

Resumindo:

  • FCmax ou frequência cardíaca máxima é igual ao maior bpm que você pode atingir durante o esforço físico;
  • FCmin ou frequência cardíaca mínima é igual ao menor bpm que você pode atingir em repouso (parado, sentado, deitado).

E para medir a frequência máxima cardíaca você tem duas opções:

  • Ou você vai a um médico e faz um teste de esforço máximo conduzido, onde além de determinar sua frequência máxima você também vai ter outros dados como o VO2(definição na Wikipédia). E já vai saber se está tudo certo com o seu coração;
  • Ou caso você não tenha dinheiro, ou não queira algo tão preciso, você pode fazer o teste sozinho mesmo. Veja um exemplo de como fazer:
    1. Aqueça por uns dez a quinze minutos;
    2. Vá até um lomba (subida) de moderada a forte e suba ela correndo o mais rápido que conseguir;
    3. No final da subida meça a sua FC utilizando uma das formas descritas anteriormente. Neste caso o monitor ajuda porque a maioria dos modelos vai registrar a sua frequência máxima automaticamente;
    4. Na sequência, desça a lomba caminhado ou trotando;
    5. Repita os passos de 2 a 4 por três ou quatro vezes;
    6. Sua FCmax vai ser o maior bpm atingindo nestes tiros.

Ps. Você poderá encontrar por aí também algumas fórmulas para medir a FCmax que levam em consideração a idade do atleta, porém não aconselho as mesmas, pois já ficou comprovado que estas fórmulas não são precisas e nem confiáveis, ainda mais para um atleta que busca uma evolução na sua condição física.

Já para medir FCmin, recomenda-se o seguinte:

  • Faça uma medição dos seus batimentos cardíacos ao se acordar pela manhã durante três dias seguidos. A média destas aferições será a sua FCmin. Ok?

Usando os dados coletados

Agora que você já dispõe de todos os dados necessários veja como usar os mesmos nos seus treinos:

Como mencionei acima muitas planilhas de treinos indicam para correr a x porcento de sua FCmax. Então, por exemplo, se sua FC Max for de 190 e a planilha indicar correr entre 50 e 70% da FCmax. Significa que você deve correr entre 95 e 133 bpm, certo? 🙂

Zonas de treinamento

As zonas de treinamento são tabelas de intervalos de FC que determinam o ritmo e a intensidade do seu treino através dos batimentos cardíacos.
Além da indicação de correr a X% da FC alguns autores e treinadores indicam treinos que se deve correr a um ritmo: fraco, moderado e forte.

Só que dependendo do seu condicionamento físico, o que é forte para você pode ser fraco para mim e vice-versa. Então para isto sugiram as tabelas de frequência cardíacas.

Existem algumas variações destas tabelas, mas a que eu utilizo atualmente é a seguinte:

exemplo de tabela de frequência cardíaca e zonas alvo

Tabela de frequência cardíaca

Variações das frequências

À medida que você for melhorando o seu condicionamento físico a sua FC máxima e mínima vão diminuindo.

Se hoje sua FC máxima é de 200 com o tempo ela vai baixar e será cada vez mais difícil atingir a FCmax de 200. Mas não se preocupe, isto é uma boa indicação que a sua condição está melhorando.

O mesmo ocorre com a FC mínima ou em repouso, quanto menor ela for, melhor preparado estará o seu coração e consequentemente o seu corpo em geral.

O único problema em ter uma FC baixa é que algum médico, por não saber que está examinando um atleta, pensar que você está passando mal em algum exame de rotina. Falo isto por experiência própria. kkkk 🙂

A FC em movimento é bem sensível e é natural ela oscilar alguns  batimentos para cima ou para baixo dependendo do clima, temperatura, do seu estado de estresse, do seu nível de hidratação e etc. Portanto não se assuste com algumas oscilações esporádicas, blz?

Ainda está lendo este artigo? Quem bom, vamos em frente que temos muita coisa boa…

O Monitor de Frequência cardíaca ou frequencímetro e suas utilidades

Agora que você já sabe o que é a frequência cardíaca, como medi-la e a sua importância, vamos agora falar dos frequencímetros e como eles podem ser úteis para medir os seus batimentos.

Como você deve ter percebido medir a FC de forma manual, apesar de possível, não é algo nem muito prático e nem muito preciso quando se está correndo, concorda?

Medindo o coração com um frequencímetro

Pois bem, para solucionar este problema surgiram os famosos e úteis monitores cardíacos. Eles são uma espécie de relógio que exibem a frequência cardíaca coletada por um aparelho fixado a um cinto.

Digo espécie de relógio porque os primeiros modelos apesar do visor se assemelhar a um relógio eles tinham apenas a função de mostrar a taxa cardíaca mesmo.

Já hoje existem no mercado incontáveis modelos de medidores cardíacos, com incontáveis funcionalidades, dados e informações.

Uma destas funcionalidades é o registro automático de sua frequência cardíaca máxima durante um treinamento, o que acaba deixando a tarefa de determinar a mesma muito fácil, a única coisa que vai te incomodar vai ser a lomba mesmo. kkk

Estes medidores também auxiliam no controle das suas zonas de treinamento. Antes de iniciar a sua corrida você define sua zona alvo indicando os limites de FCmax e FCmin no aparelho e ele ira emitir um sinal sonoro, luminoso e até vibrar (dependendo o modelo) cada vez que você sair desta faixa de valores.

Estas seriam as funções mais básicas, além delas os monitores foram incorporados aos relógios (cronômetros) que depois foram incorporados aos GPS, integração com celulares e entre outras funções.

Analise e compartilhe seus resultados

Uma característica de alguns modelos mais avançados é a possibilidade de transferir os dados de um treino para o computador e para a internet, onde um software irá analisar estes dados e fazer um verdadeiro raio X do seu treino.

A possibilidade de compartilhar os dados e as informações das suas corridas na internet é algo que facilita muito o acompanhamento dos treinos por parte dos treinadores, principalmente se as orientações e planilhas forem passadas a distância.

Como você deve ter imaginado, há diversos modelos de monitores como diversas funcionalidades.

Então, para facilitar mais ainda as futuras medições do seu coração, vou listar agora alguns modelos de monitores cardíacos bem como suas principais funções, ok?

Ps. Também vou colocar dois links para cada modelo onde você poderá comparar os preços dos mesmos. Procurei encontrar os links com melhores descontos, mas como os preços então sempre mudando, se você encontrar algum outro mais barato avisa aí que eu atualizo o link, ok?

Vamos a eles… sigam-me os bons 🙂

Monitor Cardíaco Gonew Energy

Monitor Cardíaco Gonew Heat IIIA Gnow apesar de não ser uma marca muito conhecida tem surpreendido pelo custo beneficio dos seus produtos.

Um belo exemplo é o Monitor Energy, o qual é um dos frequencímetros mais baratos do mercado. Ao contrário do que muita gente pensa preço não é documento para qualidade.

como ter uma corrida perfeita sem lesões

O GONEW Heat é um monitor para quem se contenta com características mais básicas.

Além da medição cardíaca com a possibilidade de definir três diferentes zonas alvo de treinamento. Ele também oferece as funções de Alarme de Zona Alvo, Calendário, Cronômetro, e Hora.

Sem duvidas o Gonew Heat é uma boa solução para que se satisfaz com o básico.

Atualmente pode ser encontrado nas lojas:

 Veja um vídeo do GONEW Heat

Monitor Cardíaco Oregon Heart Rate 102

Monitor Cardíaco Oregon Heart Rate 102A Oregon é uma das marcas referência quando se trata de monitores cardíacos. Seus produtos apresentam poucos problemas e possuem bons preços.

Este é um monitor básico que além das funções tradicionais emite sinais visuais e sonoros quando você sai da zona de treinamento definida.

Compare os preços do Frequencímetro Oregon Heart Rate 102

Monitor Cardíaco Speedo

Monitor Cardíaco Speedo 80565G0Em comparação com os modelos anteriores este modelo da Speedo é o que apresenta o maior número de funções. Além da medição da frequência cardíaca, ele também oferece as seguintes funções:

 

  • Quatro zonas de treinamento;
  • Hora com dois fuso horários;
  • Cronometro timer (regressivo);
  • Informa a porcentagem de gordura gasta no exercício;
  • Informa as calorias perdidas no treino;
  • Sinais sonoros.

Compare os preços do Frequencímetro Speedo

Ps. Mostrei acima dois monitores cardíacos de marcas não tão populares, mas que cumprem o seu papel. Entretanto, resolvi criar duas seções especiais para as marcas: Polar e Garmin que são as mais tradicionais em termos de monitores e também as que apresentam o maior número de modelos.

Então, vamos a eles?

Monitores Cardíacos Marca Polar

Quando se pensa em monitores, relógios e outros aparelhos esportivos a Polar é uma das marcas mais lembradas. Isto se deve aos vários produtos de qualidade, que atendem e melhoram a vida dos atletas, que já foram produzidos pela empresa. Vamos conhecer alguns?

Monitor de Frequência Cardíaca Polar FT7

Frequencimetro Polar FT7O FT7 é um dos frequencímetros mais populares da Polar, classificado como modelo Fitness, ele é um intermediário de preço e funções.

Tem como um dos diferencias a possibilidade de travar os botões enquanto você se exercita, o que ajuda a evitar que você aperte algum botão por engano e perca a medição.

Possui também uma transmissão codificada para cada aparelho, o que é útil em provas com milhares de corredores, onde é bem comum em alguns modelos eles registrarem os batimentos de outra pessoa ao invés do seu.

Outro destaque é o Polar EnergyPointer, que é um indicador visual se o seu treino está mais focado para perda de calorias ou para a melhora da condição aeróbica.

Veja as demais características:

  • Zona alvo;
  • Transmissão codificada;
  • Cálculo de calorias consumidas;
  • Registro da frequência máxima média do treino;
  • Gráfico de zona alvo;
  • Acionamento de operações sem usar os botões (ao encostar o relógio na cinta);
  • Registro de até 99 treinamentos;
  • Histórico semanal;
  • Trava dos botões;
  • Integração com o polarpersonaltrainer.com;
  • Duplo fuso horário;
  • Exibe Data e dia da semana;
  • Luz noturna;
  • Texto em 6 idiomas (Português, Inglês, Alemão, Finlandês, Sueco, Francês, Espanhol e Italiano).

Veja um vídeo do Polar FT7

Compare os preços do Frequencímetro Polar FT7

Relógio Monitor Cardíaco Polar A300 (Smart)

A partir deste aparelho lhe apresento um novo conceito para monitores cardíacos: os “relógios esportivos”.

Estes aparelhos possuem tantas funções, dados e informações que não podem mais ser classificados como simples frequencímetros. Quer saber o que tem de bom neles? Então continue lendo…

monitor polar A3000 smart para corrida

O Polar A3000 é um dos relógios esportivos da polar com integração com GPS, um dos diferenciais é o Smart Coaching, que é um software que analisa os dados dos seus treinos e informa se você está evoluindo ou não e indica o que deveria fazer para melhorar o seu desempenho.

Outra função que chama a atenção é o Polar Fitness Test (Teste de aptidão física), que segundo a Polar era determinar com até 92% de precisão o seu VO2max que é o total de mililitros de oxigênio que o seu corpo é capaz de transportar. Apesar de ser interessante não confiaria 100% nele não.

Além das características do FT7 e do GPS, ele também possui as seguintes funções:

  • Análise dos dados dos treinos indicando a evolução da sua performance;
  • Bateria com 12hs de duração com GPS ligado e 11 dias na função relógio;
  • GPS traça a rota do seu treino e indica o caminho de volta;
  • Marca a distância do treino, das voltas e o total;
  • Tamanho médio da passada;
  • Análise e monitoramento da qualidade do sono;
  • Frequência cardíaca média por volta;
  • Teste de condicionamento físico;
  • HeartTouch – operação sem uso dos botões.

Veja um vídeo do relógio esportivo POLAR A300 com GPS

Compare os preços do Polar A300 aqui:

Polar V800 com GPS

Monitor Cardíaco Polar V800 Com GPSSe você é um atleta tecnológico, gosta de alta qualidade, completo e não economiza para saber tudo sobre o seus treinos, este é o aparelho ideal para você.

O V800 é o relógio esportivo TOP da Polar, de cara ele já chama a atenção por ter um display de alta resolução com números grandes e diversas informações na mesma tela.

Além das funções de conectividade com smartphones e transferência de dados por Bluetooth, o que mais me chamou a atenção nele foram as funções de altimetria e barômetro (medição da pressão atmosférica), dados bem úteis para quem gosta de corridas de montanhas.

Todos nós sabemos que descanso também é treino e a Polar sabendo disto incorporou neste aparelho um app que te ajuda a saber a carga de treinamento e a recuperação necessária. Veja o vídeo:

O polar V800 também possui funções específicas para a prática de ciclismo e natação, e por isto é um produto super indicado para praticantes de triathlon.

Está em alguma cidade que você não conhece e não sabe aonde treinar com segurança? Então acesse o site online da Polar e verifique rotas de treinos feitos por outros atletas. Além de várias outras informações como planos de treinos e outras dicas.

Além das funções do RC3 , ele também possui:

  • Bateria com 8hs de duração com GPS ligado;
  • Pode ser usado para mergulhos profundos (300m);
  • Alertas sonoros e vibratórios de velocidade, passada e hidratação;
  • Indicação da carga de treinamento;
  • Indicação da recuperação necessária;
  • Registra até 60hs de treinos (com GPS e FC);
  • Transferência de dados via Bluetooth;
  • Funções de altimetria e barômetro;
  • Sensores e funções para ciclismo (acessórios a parte);
  • Funções especificas para natação.

Veja um vídeo do Polar V800 exibindo planos de treinamento e mapas

O Polar V800 com GPS pode ser encontrado nas lojas:

Monitores Garmin

A Garmin para muitos é a principal marca (ou a mais popular) em relação a monitores cardíacos e relógios esportivos.

A variedade de modelos, funcionalidades e utilidades é incrível.

Alguns modelos fazem em você um verdadeiro RaioX (ou uma ressonância que é mais moderno kkk), outros modelos apresentam tantos dados que você até fica meio confuso para analisar todos. Vamos a eles?

Garmin FR70

Frequencímetro Garmin FR70Para mostrar que a Garmin não brinca em serviço já começamos com um monitor cardíaco bem “potente”.

O Garmin FR70 foi desenvolvido pensando exclusivamente nos corredores. Com funções como zona de treinamento e alerta sonoro, o aparelho ele é uma opção confiável para controlar os seus treinos para que assim você consiga a evolução desejada no seu desempenho.

Destaque também para o Bluetooth (conexão sem fio) que transfere automaticamente os dados dos treinos para o PC . E para o sistema Garmin Connect que permite você ver o histórico de treinos como batimentos e as caloria s gastas.

Precisa de mais informações (como velocidade, distância, pedômetro)? Sem problemas, o FR70 possui como item opcional um contador de passo que é um sensor que vai preso ao tênis e gera todos estes dados. Veja quais são todas as funções:

  • Zona alvo de treinamento;
  • Alarme sonoro;
  • Luz noturna;
  • Cronômetro;
  • Calendário;
  • Dois fusos horários;
  • Memória para 20 horas/100 voltas
  • Cálculo de calorias consumidas;
  • Compatibilidade com Sensor Foot Pod (medidor de passos com velocidade e distância);
  • Registra os Record pessoais.

Veja um vídeo do Garmin FR70

Compare os preços do frequencímetro Garmin FR70

Compare também o preço do Foot Pod (contador de passos)

Garmin Forerunner 220 com GPS

Garmin Forerunner 220 com GPSIndicado por muitos treinadores o Garmin Forerunner 220 é a nova versão do 210 e também um dos frequencímetros mais completos do mercado.

Com ele além de facilitar o acompanhamento da sua evolução pelo seu treinador, ele também será um companheiro virtual para treinar junto com você e te motivar a correr cada vez mais e melhor.

Com a união dos dados dos batimentos cardíacos com o GPS dá para ter um verdadeiro Raio X dos seu treinos e ter uma visão melhor de como você pode evoluir o seu desempenho.

Os relatórios gerados a cada treino são fantásticos.

Você consegue ver desde o seu ritmo médio, ritmo por km, velocidade e até a cadencia de passadas.

Este Garmin também é muito bom para que corre em montanhas, pois mostra a altimetria do percurso percorrido.

Veja aqui um exemplo de um dos meus treinos longos com o monitor Forerunner 220.

Além das funções descritas para o FR70 ele também possui:

  • Gps integrado;
  • Vida útil da bateria de até 10 horas em modo de treinamento;
  • Alerta vibratório;
  • AutoPause (quando reduz a velocidade);
  • AutoLap (inicia automaticamente nova volta);
  • Configuração de metas;
  • Rlatórios detalhados de desempenho e evolução através de relatórios online.

Veja um vídeo do Garmin Forerunner 220 com GPS

Compare os preços do frequencímetro Garmin Forerunner 220 com GPS

Garmin Forerunner 920XT

Garmin Forerunner 920XTQuer um relógio multiesportivo que te ofereça: uma visão 360 grau dos seus treinos e desempenho + conectividade com o mundo social e com o seu celular? Sim, então conheça o Forerunner 920XT.

Destinados a atletas que levam a sério os seus treinos, suas funções são perfeitas para praticantes de corrida, natação e ciclismo.

Além da já destacada qualidade do GPS do 220, este aparelho leva você a conhecer suas capacidades de atleta ao mínimos detalhes.

Nas funções de corrida o seu destaque vai para tecnologia FRM-Run* que te ajuda a correr de uma forma mais econômica, através da geração de dados da sua cadência e oscilação vertical de passadas, bem como o tempo de contato com o solo. *Não disponível em todos os modelos.

Um de seus diferencias é o modo de operação UltraTreac que desativa o GPS em alguns intervalos permitindo estender a autonomia da bateria para até 40 horas ideal para corredores de longa distância.

Veja outras funções:

  • Notificações por email, mensagens de texto (Android e Apple);
  • Envia notificações para mídias sócias e permite o acompanhamento do treinamento pelos seus amigos;
  • Estimativa do VO2 máximo;
  • Monitor de recuperação, que ajuda na previsão do tempo necessário de recuperação após treinos exaustivos.

Assista um vídeo do Garmin Forerunner 920XT

Compare os preços do Garmin Forerunner 920XT

Desvantagens e Perigos de medir a FC

A facilidade em se medir a frequência cardíaca com estes monitores é incrível, porém eu gostaria de alertar para que você tome cuidado para não ficar refém dos mesmos.

É muito frequente o corredor começar a medir a sua FC e esquecer-se do resto, como eu já disse ela é importante, mas não é a única e nem a melhor forma (dependendo da situação) de você determinar se deve ou não aumentar ou diminuir o ritmo.

Não, como assim?
Deixe-me dar um exemplo, suponha que você se preparou durante dois meses para uma corrida e sempre controlando a sua frequência, daí chega no dia da prova e devido a sua ansiedade os seus bpm estão mais altos que o normal.

Mas como na sua planilha ou tabela diz que você deve correr a 80, 90 % da sua fc, mesmo se sentindo bem você segue a risca e evita ao máximo ultrapassar estes limites, sabe qual vai ser o resultado?

Você vai fazer um tempo maior do que o programado e do que você conseguiria fazer se não tivesse levado a FC em questão e sim a resposta do seu corpo.

Compreendeu? A não ser que você tenha ido para uma prova apenas para treinar não foque muito nos batimentos cardíacos para saber se você pode forçar ou não.

Conclusão

E então amigo co mundo das corridas, gostou do artigo? Eu sei ficou um pouco extenso, mas este assunto dá pano para manga.

Espero que você tenha entendido a importância da frequência cardíaca para o seu desempenho e segurança. Como eu disse acima o uso de um frequencímetro ajuda na aferição, mas não que seja obrigatório.

Depois de passada a febre inicial de medir e controlar os seus batimento cardíacos, você vai perceber que um dos principais benefícios dela é te ajudar a conhecer melhor o seu corpo e as repostas dele a cada treinamento.

Hoje faço a medição dos batimentos apenas de vez em quando, pois na sensação já sei a quanto está a minha frequência e quanto eu posso forçar.

Por fim espero que este artigo tenha ajudado você de alguma forma.

Obrigado pela atenção, boas corridas e boas medições. 😉

É na solidão dos longos treinamentos que se forja o coração do atleta. – Emil Zatopek

Obs.: o autor não se responsabiliza pelos produtos aqui exibidos;

Quantas estrelas vale este artigo?

Compartilhe

82 Comments

  1. Rodolfo parabéns pelo artigo, show de bola.
    Eu usava um polar FT7 para pedalar, no fim do pedal chegava a marcar 5.000 calorias queimadas, achava mto, mais ok, posteriormente comprei um garmin edge 810, e que fazendo as vezes os mesmos trajetos me informa que queimo cerca de 2.000 calorias, como poderia saber qual está mais correto? Particularmente acho que o garmin é mais confiável, cheguei até usar as duas cintas ao mesmo tempo e as medições instantânes são praticamente as mesmas…
    Abraços.

  2. Olá, Rodolfo. Gostaria de saber qual modelo polar atualmente faz o monitoramento da frequência cardíaca de 10 em 10 segundos. Preciso para uso esportivo cientifico. Obrigado aguardo sua resposta

  3. Muito obrigada pelo artigo super completo e esclarecedor! Gostaria de compartilhar uma dúvida individual… Uso muito o Strava nos meus treinos, e com ele posso “ouvir” as minhas informações de distância, tempo e ritmo durante a corrida. Para mim funciona super bem. Gostaria apenas de comprar um frequencímetro novo, mas não estou vendo necessidade de investir num relógio com GPS e etc, pois já uso aplicativo do celular. Será que esses relógios fazem algo a mais? Têm alguma vantagem que eu não saiba? Agradeço muito pela sua atenção!

    • Oi Camila,

      obrigado pelo comentário.

      a maior vantagem do relógio com gps em relação ao celular é a praticidade.

      eu por exemplo nunca corro com celular, então para mim o relógio é essencial.

      alguns relógios, como os da garmim tem pegam o sinal de 2 satélites também, o que torna mais preciso os resultados.

      abraço e bons treinos

  4. Boa noite Rodolfo preciso comprar 6 monitores cardíacos pois usarei no studio com meus alunos, como é apenas para controlar a zona alvo vou comprar o gonewIII o primeiro que você listou. Nesse caso tem risco de um interferir no funcionamento do outro monitor? pois estarei com todos no mesmo horário da aula

  5. Boa tarde, ganhei um monitor a algumas semanas e fiz apenas 2 treinos com ele. No primeiro treino o FCMax ficou em 219 e no segundo treino ficou em 225. Foram treinos relativamente fortes, mas nada diferente do que já vinha fazendo e que me sinto bem ao terminar os treinos. Mas fiquei preocupado se esse FC Max está muito alto, se eu devo diminuir o ritmo. Tenho 38 anos e segundo aquela fórmula que vc já orientou que não deve ser muito seguida, meu FC Max deveria ficar em 182 (220 – idade). Devo me preocupar com isso e trabalhar com FCMax mais baixo? ou se eu estou me sentindo bem posso continuar nesse ritmo?

    • Olá Lucas,

      obrigado pelo seu comentário.

      Se o seus batimentos estão baixando rápido após você parar de correr acredito que não tem problema. Ainda mais que você disse que já faz estes treinos e está se sentindo bem.

      Abraço e boas corridas

      Rodolfo

  6. Boa tarde, eu uso o monitor da polar H7 desde faz um tempo, tenho 44 anos, nos treino eu tenho uma rotina de 2 min correndo a 8,7Km/Hs e 2min a 10Km/hs, essas repetições por 35 min, completando os 5Kms..o meus batimento variam de 142 a 153bpm..agora quando faço corrida de rua, eu corro mais rápido (os 5Km a 10,3Kms) e meus tempos melhoram, só que meus batimentos ficam acima do meu máximo (+179bpm)…na ultima corrida nos últimos 100 mts, meus batimentos chegaram a 199bpm, quando parei baixou, mais senti ate falta de ar..e perigoso correr dessa forma?
    Grato,
    Diego

    • Olá Diego,

      obrigado pelo seu comentário.

      quanto mais rápido você correr, mais oxigênio seu corpo precisa. Então a falta de ar ocorre quando você não consegue puxar todo ar que seu corpo precisa.

      Isto também ocasiona o aumento da fc(batimentos), como você relatou que eles baixaram quando você parou, o que é o esperado, acredito que sua falta de ar não seja nada mais grave.

      É normal correr mais rápido em provas do que nos treinos devido a motivação da competição.

      O que você deve aprender a fazer é aprender a ouvir o seu corpo e determinar quando esta indo além da sua capacidade.

      Talvez seria interessante aumentar um pouco o ritmo dos treinos ( 1 vez por semana), assim seu corpo vai se acostumando a estímulos mais exigentes e você irá sofrer menos nas competições.

      Abraço e boas corridas

  7. Boa noite Rodolfo, tudo bem?

    Sou iniciante no mundo das corridas, ainda nem atingi meus primeiros 5k… você acha que seria uma boa eu já ir me acostumando a fazer o monitoramento do fc, ou devo me preocupar com outras coisas de iniciante?

    vlw abs

  8. Olá Rodolfo, adquiri o Polar FT1 um frequenciômetro básico, mas util.
    Minha dúvida: todos frequencímetro que usam cinta, a mesma tem vida útil e por isso precisamos comprar uma nova cinta?

    Ex: A cinta do Polar FT1 é vedada impossibilitando a troca da bateria.

    Por esse motivo é mais vantajoso usar usar um sem cinta e com sensor de digital?

    Parabéns pelo artigo!

    • Olá Kleber,

      a maioria dos monitores é com sinta sim.

      E sim, com o tempo pode ser necessário trocar ela.

      Cara, eu confio mais na medição da cinta, mas conheço ao que parece alguns modelos digitais medem bem a fc.

      Abraço e boas corridas

  9. Olá Rodolfo, tudo bem?

    Estou no início das corridas e estou gostando bastante!
    Já estou até querendo fazer umas provas de rua mais curtas!
    Você conseguria me dizer se o gonew tem a cinta codificada? Não consigo achar essa informação no site de venda, e como uso na esteira que tem monitor cardíaco e pretendo usar em provas de rua, não quero um que sofra interferência!

    Obrigada!

    Juliana

  10. Me desculpe não coloquei os modelos

    1. Monitor Cardíaco Tap On Lens Dehydration Alert – Oregon Scientific

    2. Monitor Cardíaco Speedo 80565G0EPNP1

    • Clayton Franceschetto

      Rá!
      Tô na mesma dúvida que a tua Bruna, e cheguei inclusive às mesmas opções que vc. Incluíria o Speedo 66002G0, que tem um pedômetro no equipamento e calcula velocidade e distância (aparentemente). Se é preciso e funciona já não sei, mas tô de olho nele.
      Basicamente gostaria de um monitor cardíaco que fosse possível exportar para o PC as informações do treino do dia e não custasse meu rim direito ( o esquerdo já penhorei)!

      Responde aí Rodolfo!

  11. Olá Rodolfo, boa tarde.

    Primeiramente gostaria de parabenizá-lo pela sua publicação de alto teor informativo.
    Bom eu iniciei a prática da corrida de rua há 3 meses, faço o controle de percurso, consumo de calorias, tempo, ritmo tudo através do runkeeper. Gostaria de comprar um monitor cardíaco para controle da FC e do pacer, porém não tenho muito financeiramente para dispor. Pesquisando na internet e lendo seu artigo encontrei esses dois modelos.
    Você poderia me orientar qual o mais viável pra adquirir? Eu sei que os top são Polar e Garmin porém no momento não posso comprar um deles.

    Muito obrigada, e mais uma vez parabéns !!

  12. Olá Rodolfo, parabéns pelo artigo! Aproveitando a deixa: dentre as opções mais baratas apresentadas, alguma sincroniza com aplicativos? Queria manter o histórico dos registros nessas plataformas gratuitas como Endomondo, Runkeeper, etc. Pesquisei por aqui e não acne nada. Valeu!

    • Olá Clayton,

      obrigado pelo comentário.

      Os monitores do Garmim com GPS sincroniza sim com o Runkeeper.

      Não sei te informar os da Polar, pois desta marca eu tenho apenas o modelo com controle da frequência.

      Abraço e boas corridas

  13. Bom dia Rodolfo.
    Gostei bastante deste post e vou procurar ler mais suas matérias já que quero iniciar minha vida de atleta :).
    A minha dúvida é quanto a precisão e durabilidade desses medidores, pois se tiver usando medidor que não mede certo o meu treino está todo errado.
    Tem como aferir esses aparelhos?
    Eu busco um aparelho simples mas que seja preciso e durável, os indicados acima são precisos e duráveis.
    Você tem a indicação de um aparelho confiável, simples e durável?
    Obrigado e parabéns pela matéria.

  14. Boa noite Rodolfo, parabéns pelo post muito didático e esclarecedor! Gostaria de uma duvida com vocês. Os aparelhos com GPS tem capacidade para monitorar uma atividade como futebol em um campo society? E qual sua opinião a respeito do Garmin 305? Foi o melhor custo que eu encontrei com GPS no mercado de usados.
    Att,
    Henrique

    • Olá Henrique,

      obrigado pelo comentário.

      Não sei quanto ao 305 mas com o Garmim foreruner 220 já consegui pegar o satélite em vários ambientes fechados.

      Porém tudo depende das interferências do local.

      O 305 é um modelo mais antigo, porém não sei se o gps dele é o mesmo que o 220

      Abraço

      Rodolfo

  15. Boa tarde! Primeiramente, parabéns pelo artigo.
    Hoje uso um Polar RS200 e me atende muito bem com a FC e utilizei o Garmin Forerunner 410 que não marcou com precisão a FC, ele chegou a marcar 200bp, onde no Polar iria marcar 171bp. Pretendo comprar um Polar m400 ou v800 e me indicaram o Garmin 620 ou algum outro.
    Qual você aconselha?

    Muito obrigado.

  16. Boa noite Rodolfo, moro em Belém, participo de corridas de rua de 10 km e uso um relógio Ton Ton Runner com GPS o qual é muito bom na medição dos batimentos e registros dos trajetos, ritmos e velocidades.
    Se for possível me tire uma dúvida sobre a frequência máxima: Tenho 51 anos, sempre fiz atividade física moderada, faço 10 km em média de 1h10min, porém meus batimentos máximos durante a corrida registram em grande parte do percurso entre 165 a 170 bpm fazendo com que eu reduza as vezes o ritmo. Vc acha que isso é normal ou estou forçando muito e preciso melhorar mais meu condicionamento?

    • Olá Hélio,

      acho que seus batimentos não estão muito acima não.

      Daria para você fazer o teste de FC Máxima que eu descrevo acima e ver em qual faixa de zona de frequência você se encontra.

      Antes do relógio você deve avaliar como você se sente, se o ritmo que você está correndo é confortável para você, então pode ficar tranquilo.

      Abraço e bons treinos

  17. Parabens pela publicação, muito boa mesmo !!!

    Você pode me ajudar a escolher entre estes modelos?

    RELÓGIO CARDIO ONRHYTHM 410( R$249,00 na decathlon)
    Monitor Cardíaco Oregon SE102L-GR(R$145<00 walmart)

    Hoje minha necessidade é monitorar a FC, em treino fracionado. Estou recomendo as caminhadas com objetivo de retomar corridas só por questões de saúde e prazer.

    Obrigado

    • Olá Marcio,

      obrigado pelo comentário.

      Olha não conhecia estes monitores da ONRHYTHM e pelo que vi de suas características nos cometários de quem comprou não parece ser um produto muito confiável.

      Sempre levo em conta que é mais fácil as pessoas se motivarem para falar de defeitos do que elogia os produtos que compram.

      Abraço e bos treinos

  18. Olá Rodolfo, muito legal o seu artigo , estava procurando opiniões sobre monitores e achei sua página, já estava pensando em comprar o gonew heat III e agora já me decidi , me apaixonei á pouco tempo pela corrida de rua e quero fazer tudo direitinho , afinal comecei um pouco tarde , tenho 44 anos rsrs , mas… sempre é tempo pra cuidar da saúde .
    Um abraço

  19. Olá Rodolfo.

    Parabéns pelo artigo.
    Sou um iniciante neste mundo das corridas e estou querendo adquirir um frequencimetro, mas estou com dificuldades pois existem muitos modelos sendo ofertados e com uma quantidade de informações que não me ajudam a tomar uma decisão.

    Não quero pagar caro no equipamento mas gostaria de ter a opção de zonas alvos, memórias dos treinos e sincronização das informações do monitor com o computador, por exemplo.

    Encontrei dois modelos e gostaria da sua ajuda:

    Monitor Cardíaco Speedo 66001G0EMNP1 Preto Digital com Relógio
    e Monitor Cardiaco Atrio Fortius Atrio ES049

    Caso eles não atendam estes requisitos ou se houver um outro que você indique eu ficarei muito feliz em receber sua ajuda.

    Abraços,
    Edson.

    • Olá Edson,

      obrigado pelos comentários.

      Quanto a sua duvida dos aparelhos, apesar de não conhece-los, pelo o que eu pude ver nenhum deles possui a função de transferir os dados para o computador.

      Os dois modelos são bem básicos e não gostei muito do que vi sobre eles. Varias reclamações de defeito dos 2 monitores.

      Porém respondendo a sua pergunta, se fosse apostar em um compraria este Speedo 66001G0EMNP1. Que apesar de não parecer muito bom, pelo menos é de uma marca tradicional no esporte.

      Este outro Atrio é da Multilaser, empresa nada a ver com esporte.

      espero ter ajudado, abraço e boas corridas

      Rodolfo

  20. Rafael Cavalcante Marchesi

    Boa tarde Rodolfo, comentário meio tarde com relação aos demais, mas gostei muito da sua abordagem com relação aos monitores e com relação a frequência de batimentos cardíacos.

    Eu sou praticante de um esporte diferente, no caso o ciclismo e estou em busca de um monitor com um bom custo beneficio, por enquanto estou focando nos batimentos cardíacos para aumentar minha resistência ao máximo possível sem lesionar o meu corpo, utilizando as zonas de treinamento.

    Pesquisei 2 monitores que com um preço bom e que “fazem” o que eu estou procurando.

    Você poderia me dar sua opinião sobre qual poderia ser o “melhor”?

    Multilaser Monitor Cardíaco Smart Run HC008
    Monitor Cardíaco Gonew Heat III

    Obrigado, parabéns pelo site.

    • Olá Rafael,

      legal ver um ciclista por aqui.

      Quanto aos monitores nem sabia que a Multilaser tinha este tipo de produto.

      Pensando nisto e olhando a configuração dos aparelhos eu ficaria com este da Gonew, até porque esta marca é mais focada em esportes e acredito que deva conhecer melhor as necessidades de um atleta.

      Abraço e bons pedais

  21. Super útil seu post, parabéns!!!
    Estou inclinada a comprar um Garmin FR70, porque tem um valor bacana. Uma colega esta vendendo um Garmin 110, mas já tem 1 ano de uso, fiquei empolgada pelo valor que ela quer: 400,00, mas o tempo de uso me desanimou.
    Corro há 3 meses, fiz algumas provas de 5km, 7km,8km e 10km. Mas nada além de uma corredora amadora que se apaixonou pela corrida de rua. Como o FR70 esta 499,99 na garminstore, estou inclinada em conpra-lo, sabe me dizer se ele me atenderia como um 110? Vi que o FR70 não tem gps,mas tbm não sei se isso faz tanta falta e não sei se ele mostra o Pace.
    Você co seguro a me dar uma aclarada sobre o FR70?!
    Abraços!

    • Oi Flavia.

      Fico feliz que você tenha gostado do artigo sobre a frequência cardíaca e os frequencimetros. 🙂

      Sobre o FR70 ele realmente não possui gps, porém é possível saber o pace através de um acessório extra (pedômetro)
      que conta os passos e a partir disto o relógio mostra a distância, velocidade e outros dados.

      Se o seu objetivo é apenas medir a FC penso que o FR70(sem o pedômetro) é a melhor opção.

      Já se você acha interessante saber o pace acredito que valeria pensar mais sobre o GR110 da sua amiga, pois talvez aí não compense comprar o Fr70 + pedômetro(dependendo do estado do aparelho).

      Abraço

      Rodolfo

  22. Olá Rodolfo,
    Ótimo artigo, me ajudou bastante, mas tenho uma duvida, peguei o habito da corrida e geralmente corro na esteira e estou querendo comprar um monitor cardíaco, mas ouvi falar que da muuuita interferência na esteira e que acaba não funcionando direito, isso é verdade??

    • Oi Aliny,

      obrigado pelo comentário.

      Como nunca corri na esteira usando um monitor cardíaco não saberia lhe dizer se há alguma interferência.

      Acho que depende muti da frequência monitor, uma ideia é conseguir um aparelho emprestado e fazer o teste.

      Abraço e boas corridas

      Rodolfo

  23. Bom dia, adorei o post muito bem explicado e esclarecedor… Só tenho uma pergunta…
    O uso da cinta é realmente indispensável para uma medição exata ou posso fazê-la só com o relógio? Ela incomoda bastante rsss

    Desde já obrigada!

    • Olá Adrielle,
      obrigado pelo seu comentário.

      Dos modelos que eu indiquei aqui no post todos precisam da cinta para medir a frequência cardíaca.

      Até existem alguns relógios que dizem medir a FC sem a cinta, mas por alguns relatos de quem testou este modelo a precisão dos dados não é a mesma.

      Abraço e boas corridas

      Rodolfo

  24. Bom dia!

    Estou interessada em comprar o Monitor Cardíaco Speedo 80565G0 mas não consegui saber se ele mede também a quilometragem, o que para mim seria essencial. Você saberia me informar isso? Obrigada!

  25. Oi Rodolfo, tudo bem?
    Antecipo minhas desculpas caso minha duvida não seja pertinente.
    É que gostaria de medir o gasto calórico de acordo com minha frequencia cardiaca em diferentes esportes.
    Por exemplo, em uma aula de Muay Thai, em uma corrida basica (ao ar livre ou na esteira), em uma aula de jiu, etc.
    Enfim, não quero muitos recursos, mas principalmente gasto calorico x FC referente a cada tipo de desporto.
    Um relogio simples daria conta? Só com a cinta de transmissão? O bluetooth alcança a uma distancia razoável (sem o relogio ou celular na mão)?
    Desde já agradeço e fico no aguardo.
    Obrigada e parabéns pelo post.
    Abs

    • Oi Patricia,

      obrigado pelo seu comentário.

      Pelo seu relato acredito que um monitor simples daria sim conta do recado. Ou então você poderia comprar apenas a cinta e usar um app para celular.

      Quanto a distância não sei como se comportaria, só testando mesmo até aonde o sinal pegaria bem. Acredito que isto também pode variar bastante de um modelo para outro.

      Abraço e bons treinos

      Rodolfo

  26. Obrigado por me ajudar a entender, realmente me foi útil.

  27. Olá,

    Muito bom o artigo. Completo informativo. Porém pecou numa coisa bem básica – A DATA.
    Quando foi escrito? Quando foi atualizado?

    Esse artigo contém muita informação de tecnologia, que sabemos muda constantemente fico receoso em comprar um modelo desses relógios enquanto já existe um modelo superior.

    Abraço!

    • Olá Henrique,

      obrigado pelo seu comentário.

      Desculpe pela falta da Data. O artigo foi escrito em abril de 2015 e foi atualizado em julho.

      Conforme sua sugestão adicionei a data no artigo.

      Abraço e bons treinos

      Rodolfo

      • Show!
        Obrigado pela atualização!

        Essas tecnologias estão sempre mudando é bom saber quando foram lançadas.

        Decidi minha compra na segunda. Uma fita com medidor cardíaco com Bluetooth da Oregon. Vou sincronizar com um aplicativo de corrida no smartphone para ter GPS, tempo, etc. Achei desnecessário relógios de 1.500 reais enquanto o smartphone já tem tudo menos os batimentos cardíacos exatos que só vem com a fita peitoral mesmo.

  28. Sensacional. Todas dúvidas que tinha sobre o assunto foram esclarecidas. Texto fluido e mesmo longo não cansou.

    🙂

  29. Jose Roberto da Silva

    Ola Rodolfo,
    Parabéns pelo artigo, achei muito interessante e esclarecedor.
    Eu gosto de usar o aplicativo Micoach da Adidas e recentemente adquiri o monitor cardíaco HRM2 (http://i2.zst.com.br/images/monitor-cardiaco-adidas-micoach-hrm2-photo25022929-12-20-30.jpg). O que observei é que meu batimento cardíaco sobe bastante durante um treino, acima das zonas que eu precisaria estar correndo, então minha pergunta é:
    Existe alguma técnica de corrida, que auxiliam diminuir os batimentos cardíacos? Porque mesmo reduzindo a velocidade não resolve, eu preciso começar andar para que o batimento cardíaco volte ao nível da zona que deveria estar.

    • Olá José,

      obrigado pelo seu comentário. Fico feliz que tenha gostado do artigo.

      Respondendo a sua pergunta: a técnica para para auxiliar os batimentos cardíacos é melhorar o condicionamento físicos mesmo.

      Não conheço este monitor que você está usando. Mas seria valido fazer um teste com outro monitor para ver se o seu está marcando corretamente os batimentos.

      Outra questão é as zonas alvo que você configurou, será que não estão muito baixas? Quem lhe indicou estas zonas.

      E outra possibilidade, que eu espero que não seja o seu caso, é você ter alguma arritmia ou outro problema que está influenciando nos seus batimentos. Neste caso aconselho realizar exames com um cardiologista.

      Espero ter ajudado.

      Bons treinos.

    • Olá José,

      obrigado pelo seu comentário. Fico feliz que tenha gostado do artigo.

      Respondendo a sua pergunta: a técnica para para baixar os batimentos cardíacos é melhorar o condicionamento físicos mesmo.

      Não conheço este monitor que você está usando. Mas seria valido fazer um teste com outro monitor para ver se o seu está marcando corretamente os batimentos.

      Outra questão é as zonas alvo que você configurou, será que não estão muito baixas? Quem lhe indicou estas zonas.

      E outra possibilidade, que eu espero que não seja o seu caso, é você ter alguma arritmia ou outro problema que está influenciando nos seus batimentos. Neste caso aconselho realizar exames com um cardiologista.

      Espero ter ajudado.

      Bons treinos.

  30. Pingback: Fartlek: A Forma mais Divertida de Melhorar a sua Corrida - Eu Corredor de Rua

  31. Pingback: Oração do Corredor de Rua - Eu Corredor de Rua

  32. Maravilhoso o artigo! Eu utilizo o medidor básico gonew e é bastante útil. Achei interessante quando falastes da baixa frequência cardíaca ao ir procurar um cardiologista… pois bem, num dos exames que fiz chamado holter e tb ecocardiograma creio q foi esse, o meu bpm estava abaixo de 40 – bradicardia enfim, porém me exército muito e não canso com tanta facilidade… É interessante também que em algumas corridas curtas de treino 5km consigo atingir um bom resultado e numa outra quebro… e não sei se está relacionado ao que dissestes no início, a respeito de acordar com uma Fc X.. e esta frequência ser um convite a não treinar. Enfim adorei!

    • Olá Allynne,

      que bom que você gostou do artigo. 🙂

      Acredito que em provas curtas como as de 5km onde você normalmente tem que “correr para morte” a FC pode ter uma boa influência sim. Principalmente se você está acostumado a correr provas mais longas onde o ritmo vai ser naturalmente mais lento.

      Até + e bons treinos

  33. Li até o final, muito interessante e útil.

  34. José Cláudio Maciel NUnes

    ARTIGO MARAVILHOSO! PARABÉNS!

  35. Artigo muito bom!
    Parabéns!

      • Estou iniciando as atividades de corrida e tenho lido bastante em seu site.
        Estou buscando um bom monitor cardíaco, mas queria um com GPS num bom custo/benefício.
        Nas pesquisas acabei encontrando um Garmin Forerunner 210 por um preço bacana, mas não o encontro disponível em estoque nas lojas de que tenho costume de comprar pela internet. Vou dar uma pesquisada esse final de semana nas lojas físicas por aqui.
        Tem alguma sugestão de aparelho na mesma faixa de preço e qualidade?

        • Olá Rafael,

          legal que vc esteja gostando do site.

          Quanto ao Forerunner 210, ele é um modelo mais antigo e a Garmin não está mais Fabricando ele. Então vai ser difícil encontrar ele mesmo.

          Se você gostou do 210 a minha recomendação é o sucessor dele, ou seja, o Forerunner 220. Apesar de ser um pouco mais caro possui tudo o que o 210 e mais algumas funções(veja acima).

          Abraço e boas corridas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *