Como Correr nas Subidas, Técnica e Benefícios de Treinar nas Ladeiras 4.9/5 (10)

Compartilhe
como correr nas subidas

Eu “morrendo” p/ terminar uma prova de 13km cheia de subidas, inclusive no último km

O post de hoje vai especialmente para aqueles corredores que tem “medo” das subidas.

Muitos atletas tem tanto pavor das ladeiras que evitam participar de corridas com muita varação altimétrica.

Obs.: Não é o meu caso, tenho mais medo das descidas. Meus joelhos não gostam delas.

Para resolver ou amenizar esta situação não tem jeito é preciso aprender a correr nas subidas.

E para fazer isto o jeito é treinar nas subidas, o que alias traz vários benefícios;

  • Aprender a vencer e chegar ao todo das ladeiras mais facilmente;
  • Melhorar a velocidade no plano;
  • Fortalecer a musculatura e melhorar a resistência no geral;

Agora chega de enrolação, vamos a prática. Aí que o bicho pega.

Para facilitar um pouco, é preciso aprender aplicar alguns macetes e técnica, para isto recomendo você vídeo abaixo.

Nele o Andrei da excelente dicas de como posicionar o corpo e realizar a técnica correta para vencer as mais temíveis subidas correndo sem parar.

como ter uma corrida perfeita sem lesões

Vídeo técnica para correr nas subidas

E aí amigo, o que achou do vídeo? Aprendeu bem a técnica?

Resumindo a técnica para corridas em subidas

  • Diminua o tamanho da passada;
  • Flexione mais os joelhos, erga mais a perna e entre o pé mais a frente;
  • Mantenha o corpo inclinado para frente(use a gravidade);
  • Faça força com os braços impulsionado o corpo mais a acima e para frente;
  • Encare a subida com coragem e determinação;

Como dica final recomendo que você visite o site do Andrei e conheça melhor o trabalho e método de treinamento que ele ensina.

Mesmo correndo a mais de 10 anos aprendi alguns truques com ele que vem me ajudando bastante nos treinos e assim a evoluir, a correr mais longe e mais rápido.

Por hoje era isto fera, abraço e bos subidas!

“Corra como se fosse sua última competição, pois um dia será mesmo”, diz Iser Bem

 

Quantas estrelas vale este artigo?

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *